terça-feira, 29 de agosto de 2017

ENTREVISTA COM A BELA POLE DANCER DAYANE BONATTI

 1 - Minha querida Day, é uma honra ter você aqui. Como que começou a tua paixão pelo Pole dance? E a primeira aula foi bacana?
Tudo começou quando eu fazia aulas de dança do ventre com a Vanessa Reichert em 2012. Num dos encontros ela mencionou que começaria a dar aulas de pole dance. Curiosa, pesquisei onde poderia ser, pois eu nem imaginava que existia aula de pole dance em Curitiba. Dei um google e logo de cara achei vários links que remetiam ao studio Grazzy Brugner. Entrei em contato e marquei uma aula experimental. A primeira aula foi muito bacana, era algo realmente desafiador. Até então eu só conhecia o que tinha visto nos filmes e o pouco que pude ter contato num curso de strip-tease que fiz com o pessoal da Máfia Pura em 2011.
2 - Além do Pole você faz ginástica também? 

Pratiquei cerca de 1 ano de ginástica artística entre 2015/2016 na Spin Flip aqui em Curitiba, antes de entrar na Faculdade de Educação Física. Além disso eu praticava calistenia durante os finais de semana.

 3 - Como que você se sente dando aulas de Pole e fazendo outras alunas alegres e descobridoras desse esporte lindo? 
Dar aulas nunca foi o meu foco. Meu foco sempre foi treinar e me tornar uma atleta de Pole Sport. Porém eu sempre tive muita facilidade em ensinar. Dar aulas não é uma tarefa fácil, pois necessita de muita dedicação do professor, tanto no quesito estudo, pois é importante possuir uma base sólida de conhecimento sobre anatomia, biomecânica, cinesiologia, fisiologia, preparação física e etc, além de sempre se atualizar em relação aos movimentos do pole, quanto para montar e organizar as aulas pensando em cada aluno. Todo esse trabalho e dedicação contribuem não só para melhorar o aprendizado do aluno como também me ajuda muito como atleta. Eu diria que um complementa o outro (ser atleta x ser treinador/instrutor).
  
4 - Sobre o pole dance sensual e fitness, no teu ver existe muitas diferenças? 
Sim, existem diferenças. Assim como o fitness tem seu foco mais voltado na questão de técnica, execução e condicionamento físico, o sensual é mais voltado pra auto estima, dança e sensualidade. Eu considero que ambos são complementares assim como as diversas vertentes existentes.

5 - O pole tem muitos movimentos, me conta um pouco deles, das dificuldades de alguns.

Todos os movimentos são desafiadores e possuem suas dificuldades dentro de cada nível. Uns exigem mais força e outros mais flexibilidade. Conforme a aluna vai progredindo dentro da metodologia de ensino e vai aprendendo novos movimentos, ela vai ganhando força e flexibilidade que irão possibilitar que ela faça outros e outros movimentos. No quesito força, gosto muito das pranchas, elas exigem uma força e uma consciência corporal muito grande para manter o movimento estático e paralelo ao solo. Já no que diz respeito a flexibilidade, um dos queridinhos é o Rainbow Marchenko, que exige grande flexibilidade de extensão de quadril e coluna, e é um dos que possuem maior pontuação nos códigos de pontos dos campeonatos.

 6 - E vamos então para a grande questão. A sonhada flexibilidade, e agora Prof, qual o segredo?

 O segredo é trabalho duro, persistência, continuidade do treino, respiração, paciência e respeito ao próprio corpo e seus limites. Além disso é importante que o aluno encontre um professor que saiba conduzir as aulas da maneira mais segura possível. Muitas vezes queremos alcançar um objetivo e queremos que seja alcançado logo. Porém a flexibilidade necessita de tempo, de respeito, de trabalhar com a respiração e com os limites do corpo. Se não respeitarmos nosso tempo, certamente poderemos nos lesionar e isso tornará ainda mais difícil o progresso.

 7 - O pole também exige muita força para se segurar na barra durante os movimentos, conta mais sobre isso. 

 Na verdade o pole não exige que a pessoa tenha um preparo prévio. Os movimentos são ensinados seguindo uma didática e uma progressão pedagógica, sempre do mais fácil para o mais difícil. A força é adquirida durante os treinos e quanto mais progredimos, mais fortes ficamos e assim nos tornando aptos a executar movimentos de maior dificuldade.

 8 - Como é teu dia a dia, além do Pole, no tempo livre o que gosta de fazer? 

No tempo livre gosto muito de ver vídeos de pole, procurar sequencias novas, combos, montar aulas e vídeos e estudar também (tenho vários livros voltados para a área da educação física e treinamento e estou estudando eles no momento). Quando quero descansar, assistir um filme ou seriado é o que geralmente eu faço

 9 - Sobre a alimentação, cuida muito ou abusa do doce as vezes?

 Durante a semana eu levo uma rotina bem regrada com relação a minha alimentação. Faço acompanhamento nutricional e tenho horários para me alimentar. Claro que não foi fácil fazer reeducação alimentar; hoje eu consigo ficar tranquilamente sem o uso de açúcar ou o consumo de doces durante a semana e apenas no final de semana eu posso relaxar um pouco mais e comer doces, como se fosse o chamado “d.
O chamado “dia do lixo”.


 10 - E na hora de se vestir, o que e quando você curte usar?
 Gosto do básico. Como eu ando de moto, a boa e velha jaqueta de couro e um jeans já me servem bem.

11 - Você é vaidosa quando o assunto é make e cosméticos? 

 Eu diria que estou no meio termo. Não abro mão de um batom e um lápis de olho, mas também não costumo carregar na produção durante o dia a dia. O que eu uso geralmente é um protetor solar com base, delineador, rímel, batom e um blush de vez em quando.


12 - Você é uma mulher muito carismática, alegre, divertida, fala mais da sua personalidade, arrasa em cada foto. 
No pole eu sempre gosto muito de pensar em aliar diversão com o treino, então eu sempre gosto de brincar com as meninas (colegas ou alunas), fazer fotos ou vídeos engraçados (geralmente quando deixo a câmera filmando é quando eu pego as melhores situações pra fazer algum gif com as meninas) ou até mesmo combinar alguma aula temática pra deixar ainda mais gostosa a aula de pole e a interação de todas.

13 - Você também é louca por Pole street? você leva o pole como estilo de vida? 

Gosto do pole street como uma forma de interação, mas dificilmente eu consigo ir em algum por conta da correria da rotina mesmo. O pole é mais que um estilo de vida pra mim, é onde eu encontrei minha essência.

14 - Querida, gostaria de compartilhar alguns momentos marcantes, seja do pole e também da sua vida? 
 Um dos momentos mais marcantes foi quando ganhei o terceiro lugar amador no II Pole Panamerican de 2015 realizado na Arnold Classic Brasil, a feira do Arnold Schwarzenegger e pude conhecer ele. Foi incrível, estar tão perto de um dos meus maiores ídolos e motivadores. As coisas não acontecem por acaso.

15 - Quais músicas gosta na hora que está treinando? A escolha da música depende muito do dia. Geralmente gosto de batidas mais fortes, agitadas. Estilo de música que anima. Algumas que gosto bastante pra dar um gás no treino são as do Rob Bailey & The Hustle Standard (álbum battle tested), considero muito boas pra treinar.

16 - Day, deixa aqui o recadinho que quiser, você é show querida! parabéns!!
Dificilmente quem conhece o pole quer largar a atividade pois proporciona benefícios físicos e mentais. É realmente viciante e você sempre tem desafios pra superar. Daqui um ano, você vai querer ter começado hoje.


Fotos 12,13 e 15 - Fotógrafo Fabio Sammarone

Redes sociais:

Instagram da Dayane Bonatti: Link 
Dayane da Aulas de Pole na Espaço Mulher - Wellness & Fitness










Quero aqui finalizar e dizer que a Dayane é uma super profissional, cheia de energia e com vontade de vencer, de dar aulas de pole e de se aperfeiçoar cada dia mais junto com os alunos.
Sempre determinada, ela realmente brilha e encanta com seus giros, movimentos na barra e elasticidade. Você tem um super potencial amiga querida, torço por você. A Day mora em Curitiba e cada dia conquista mais o seu espaço. Alegre, muito comunicativa e espontânea ela cativa as pessoas ao redor. A Day é curiosa e isso é muito importante, pois fez com que ela assim buscasse mais sobre o pole, para poder conhecer mais e também saber das inovações.
Um beijo amiga, você é uma super atleta e ser humano!!

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Diva, musa e cheia de estilo - Pamella Felice conta sua trajetória


1 - Como começou a modelar? E o teu primeiro evento? Sempre gostou desse ramo? 

comecei quando uma amiga me inscreveu em uma agência de modelo e me chamaram. Com isso ai depois uma loja na qual eu comprava roupas precisava de uma modelo plus e eu fui morrendo de vergonha hahhahha. Então ali comecei a fazer fotos e ela gostou muito. Loja  da qual eu sou modelo já tem um ano e meio. A loja vitória moda plus e ela e amigos dizendo que tinha que ser modelo. Com esse incentivo então  comecei a Amar a ideia e me apaixonar pela profissão e desde esse dia não parei mas !

2 - Em relação ao corpo, você sempre se aceitou assim? e o preconceito? 

Eu nunca me aceitei e  sempre tive preconceito. Eu só me aceitei quando me tornei modelo plus, quando então  entendi que nós temos que nos amar do jeito que somos. Caso não gostemos temos que fazer algo pra mudar mas por que nós queremos e não porque as pessoas falam e nos julgam ! Hoje convivo bem com isso, mas ainda não estou na forma que eu quero estar. Eu me amo, me aceito tranquilamente. Tive muito preconceito do meu ex marido, pois ele falava que eu só ia ser bonita se fosse magra ! Eu sofria muito, no entanto hoje eu dia estou solteira e um dia se tiver alguém terá que me amar com meus bacons a mais hahabhaa 
 
3 - Como foi ser a grande campeã do Concurso A Mais Bela Gordinha do Rio de Janeiro, me conta toda a preparação e como foi estar nesse grande evento ?

É sempre bom participar do mais bela gordinha do Rio. Para mim foi incrível e também foi um desafio muito grande pois já vinha com o titulo diva Brasil 2016, o qual que foi o meu primeiro concurso e evento plus ! Era uma faixa nacional então a mais bela gordinha do RJ era estadual! Eu tinha que ganhar ou desvalorizaria minha faixa. Eu então acreditei em mim e arisquei e digo: não foi fácil ainda mais que  estava participando ao mesmo tempo do concurso deusa plus. Me desdobrava entre ensaios, entrevistas, fotos, coreografias para os dois concursos e apesar disso foi incrível uma vez que você conhece meninas maravilhosa com sonhos e superações. É muito bom viver tudo isso e ainda ser a ganhadora e poder representar as gordinhas !


4 - Me conta da experiência de mais um Título by Francilene Perez Sedução sexy fashion. Um reconhecimento sempre né Pamella? 


Eu adorei participar do deusa plus com 2 vitórias foi uma bênção de Deus.  Eu estava  mesmo cansada da rotina de ensaios e tudo mais. Eu estava muito feliz, pois o concurso deusa  plus veio inovando, trazendo trajes de deusa e ainda com aulas de sensualidade com Thiago pimenta e workshop com Felipe Menegoy o top das gordas hahhahha. Nós desfilamos igual deusas mesmo. Eu  fiquei muito emocionada, sempre choro nos bastidores, pois quando estou na passarela esbanjo tudo que vivi. Todas as lutas porá conseguir  ser modelo,  o preconceito, as conquistas e amor pelo que faço ! E muito bom ! E ainda ganhar por 2 pontos em vice foi demais e ainda levar 2000 hahahab. Isso foi bom demais.  Este foi um concurso sensual no qual eu me identifiquei muito ! Amei.


5 - Quando você faz ensaio fotográfico ainda tem aquele frio na barriga? Como se sente sendo fotografada? Você tem um talento, amei teu trabalho.  

Eu quando estou fotografando não sinto frio na barriga não ! Eu amo e me sinto feliz. Sinal que estou  viva e amo o que faço. Eu sei que muitas mulheres se inspiram em mim e mudo muito a auto estima de meninas as quais já tinham perdido isso. Com isso  eu amo poder ajudar a outras meninas a apreenderem a se amarem sempre no dia a dia delas ! 


6 - Você também gosta de fazer ensaios com estilo mais sexy, acha importante?  

Então eu amo ensaios sensuais como disse antes. Eu adoro hehe. Me sentir sensual, fazer carão mostra a sedução e a força do olhar na mulher ! Mas como modelo sei que temos que estar abertas a todos os estilos e temos que vestir a cara das marcas, a roupa da proposta do público,  mas eu amo o sensual.

7 - Você tem um olhar forte, de personalidade forte, vibrante em cada foto. Fala um pouco dessa personalidade. Você é uma top. 


Alguns já me falaram que meu olhar é forte e  eu acredito sim. Eu aprendi com meu professor Bruno Piazzi que modelo fala com o olhar e  eu sou muito assim ! Acho que é a minha marca e considero uma top hahaha. Sim, lógico né que todas nós somos, porém  algumas só precisam se encontrar. Eu  me considero uma top pelas luta,  batalhas e preconceitos que superei é vivi e hoje eu me amo e amo o que faço ! E uma honra ser um exemplo pra muitas mulheres !


8 - Você é uma mulher que tem rotina com makes, cosméticos, gosta de usar? Como é tudo isso pra você?  

Eu sou muito vaidosa e me amo ! Uso make todo dia, adoro muito tudo isso,  me cuido e acho que tudo que realce nossa beleza temos que usar sim. Com isso eu adoro cremes e make sempre to pronta. Fundamental as unhas feitas  e realmente cuido muito de mim ! 
 



9 - Quando o assunto é moda, qual o teu estilo? Tem preferência de roupa, depende do humor do dia, como é? 

Eu  amo moda mas meu estilo é eclético e amo tudo. Eu cada dia acordo habbaba com vontade de algo diferente.  Um dia sou romântica, outro dia sou chic, outro dia sou sensual  e depende do meu humor mas no meu guarda roupa tem tudo inclusive uso o que eu fotografo. eu visto a camisa das minhas marcas !


10 - O que gosta de fazer no tempo livre? conta uns detalhes sobre isso. 



Eu me divido em ser modelo, mãe e quando não estou em desfiles estou em eventos fotografando. Gosto e vivo o mundo plus. Importante:  só e lembrado quem é visto ! Hahaha mas nas horas vagas estudo sobre carreiras e cuido dos meus filhos que são minha vida. Eu  tenho 3 filhos e curto minhas amigas gordinhas

11 - Você vai bastante a praia ai no RJ? Quando pode ir você arrasa com um super biquíni ?  


Eu não curto praia pois modelo não podem pegar sol pela marca ! Eu moro em frente a praia mas não sou fã de me queimar até pela profissão, mas sempre que posso vou sim e abuso do biquíni agora sim. Você  sabe quem me ensinou a ser assim ? A página pq gordinha de biquíni pode ! Da Dayer Couto. Elas  têm um projeto lindo de empoderamento plus mostrando que gordinha pode sim usar biquíni e  aprendi com elas !






12 - Quais musicas ou estilo que curte? 

Eu sou romântica ao extremo, amo músicas que falem de amor e músicas românticas ! E sempre escuto gospel pra renovar a nossa fé. Sem Deus não sou nada ! Quando saiu pra animar com as amigas é pop hahahha



13 - Você cuida muito a alimentação? Como é tua rotina? cozinha também ?

Sei cozinhar muito bem realmente, pois  desde os 14 anos faço doces, comidas e  tudo hahaha. Quem cuida da minha alimentação é a clinica modelate da dr Sylvia Bravo, ela inclusive me preparou pros concursos e cuida das minhas curvas e saúde !

 14 - Bom amiga, aqui o espaço é sempre teu, pode falar o que quiser. Foi uma honra ter essa conversa com você. 

Eu agradeço muito a oportunidade de estar aqui falando um pouco de mim e dizer que fico feliz com o seu carinho e das minhas gordinhas ! Vamos mudar o mundo ! Bjos plus Size!  Diva Pam


A modelo Plus Size Pamella Felice é estonteante com seu charme, encanto e desenvoltura nas passarelas e diante das câmeras. Com seu estilo sensual, chame cativar e divar sempre. A gata mora em São Paulo e já tem diversos títulos no meio plus, fruto de um trabalho profissional e feito com muito amor. Carinhosa, sempre bem humorada e divertida a poderosa Paaaamela é um arraso. É presença sempre em eventos especiais e ela chega com tudo, marcando realmente presença. Eu adoro essa super ser humano, adoro o teu trabalho e a maneira que você conduz seu dia a dia, para conseguir dar conta de forma brilhante de tudo que precisa fazer.

INSTAGRAM DA PAMELLA: LINK